Aba_horizontal

sábado, 12 de novembro de 2016

Trump e o Reductio ad Filo-Semiticum



Está-se num ambiente de confusão em relação a Trump. Os catastrofistas lá correm como galinhas sem cabeça a apontar: Trump é amigo de Israhell, ele é filo-semita!

Certo, mas em primeiro, há que dizer, se desejarmos ser sinceros, que as relações de Trump com Israhell nem sempre foram claras. Pelo menos até ao momento em que ele foi à AIPAC, e aí baixou as calças. Mas apesar disso, todos os médias, ou pelo menos a grande maioria, controlados pelos apátridas da AIPAC, continuaram apesar de tudo a atacá-lo e sempre a apoiar sistematicamente Hillary. Daqui resulta que a escolha dos apátridas sempre foi Hillary e não Trump.

Temos algumas semelhanças históricas, com as devidas proporções guardadas. Lembremos-nos do Tsipras e do seu Syriza, que apesar de toda a matracagem mediática, conseguiu içar-se do nada para governar a Grécia. Rapidamente os gregos aperceberam-se de que apenas era mais um, que assim que pôde, tratou de esvaziar o que restava nos bolsos dos gregos. Tsipras, este, tinha a particularidade de fazer parte da família dos apátridas. Os gregos foram incrivelmente enganados!

Nos referendos em França, na Holanda, em que o povo votou não a Maastricht, os dirigentes mandaram às favas o voto do povo. A oligarquia apátrido-cosmopolita, não tem conta do parecer do povo.

Irá suceder a mesma coisa com Trump ? Numa certa medida, ele terá de enfrentar toda uma estrutura extremamente viciada que está implantada nos USA desde lustres. Ele não pode, nem meios tem, para desenraizar a parasitagem em apenas alguns anos de presidência. Logo, terá de fazer concessões. Basta saber, em que áreas fará ele essas concessões, e em que áreas ele tentará pôr a sua política em marcha.

Sobre o filo-semitismo de Trump, tanto evocado, lembro que ele o é bem menos que por exemplo o foi John Kennedy, e bem menos pró-cosmopolita que este. Portanto este último parece ter feito barragem a certas manobras obscuras da oligarquia apátrida. Resultado: o filo-semita e pró-cosmopolita John Kennedy, foi eliminado.

Tal e qual como existe o Reductio ad Hitlerum, que desqualifica logo o primeiro vindo, estou em crer que existe igualmente uma espécie de Reductio ad Filo-Semiticum, que como o primeiro, tem o mesmo estranho efeito. Na política, são as acções que contam, não será então mais lógico julgar pelas acções e não pelo que dizem ?

Estimo que as coisas não são assim tão lineares como se pensa. Existe uma complexidade de factores, cujas convergências e divergências, são imprevisíveis.

De uma coisa estamos certos: é impossível para a oligarquia apátrida, dominar o mundo como ela deseja e pensa. Haverá e existirá sempre, marés de turbulência cujos apátridas não esperavam que acontecesse.

Se porventura pudessem controlar tudo e todos, então amigos, assentem-se no sofá, bebam umas cervejas, e observem o tempo e os eventos desenrolarem-se como se um destino fatal obrigatoriamente tivesse de se abater, quer queiramos ou não, sobre a humanidade. E sobretudo, não façam nada!

47 comentários:

  1. Nos resta a esperar... Mas uma constatação é possível fazer, a mídia nunca foi tão questionada como agora, os americanos, a prima facie, não se deixaram levar pelo canto da sereia, pelo papo da chapuzinha contra o lobo mau... Isso realmente vejo como algo novo, pois a mídia nunca esteve tão desacreditada como agora... Aguardamos os próximos capítulos, como bem vc colocou Gang!

    ResponderEliminar
  2. Trump é uma farsa que veio para evitar a implosao dos republicanos e o surgimento de uma real oposiçao conservadora e anti sionista.

    ResponderEliminar
  3. voces sao mesmo INGENUOS . com TODAS as provas a frente ficam com desculpinhas ridiculas e sem base alguma na realidade.

    Tipos que vivem em teorizar conspirações sem pé nem cabeça alá alex jones , tem dificuldade em olhar para os fatos de forma logica e racional . Sao pessoas com uma mentalidade fantasiosa que beira a infatilidade .

    ResponderEliminar
  4. tu vai continuar a defenfer Trump tal como faz com o sionista anti branco semi-mongoloide Putin. Para tipos como tu os fatos nao bastam ,passam a vida a acreditar em pai natal e doendes .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém aqui acredita cegamente em fulano ou ciclano... Apenas levantamos suposições... Trocamos idéias sobre a rota das coisas... Você deveria ter visto a cara de velório dos jornalistas aqui no Brasil quando viram que Trump seria o presidente, ficou flagrantemente exposto que não esperavam... O questionamento é esse, ou seja, por mais que Trump faça parte do sistema dos apátridas, não era esperado que os americanos escolhessem Trump, depois de todo o bombardeiro da mídia... Logo, ao invés de criticar os membros, faça uma análise crítica sobre os fatos...

      Eliminar
  5. Em primeiro lugar, aqui ninguém crê em milagres vindo dos USA.

    Em segundo, nunca existirá nenhuma oposição ao sionismo nos USA - é a terra por excelência do sionismo político.

    Em terceiro, este blog manda Alex Jones às favas. Nunca esse nome, nem algo parecido ou inspirado nas teorias dele, foi aqui citado em algum artigo. É agora a primeira vez que estou a escrever o nome desse gajo aqui.

    Quarto, é mais que óbvio que subiu à presidência, aquele que a judiaria menos esperava, logo levanta muitas questões.

    Quinto, este blog não defende Trump de alguma forma, mas tem bem consciência de que as coisas não são assim tão simplistas quanto parece.

    Sexto, este blog curva-se de livre vontade, à visão política do Pr. Ploncard d'Assac (filho de Jacques Ploncard d'Assac, conselheiro do Pr. Salazar) - sempre escolher aquele que pode proporcionar hipóteses de um reviramento, ou escolher dentre todos os candidatos, o elo mais fraco, falta de alternativa.

    Já agora, embora não esteja de acordo com muita coisa, um artigo a ler:

    http://www.unz.com/ishamir/my-congratulations-folks/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ha ha...trump nao pode ser cooptado .Esse argumento da a entender que trump era uma real(nunca foi ) alternativa .

      Um artigo que vale muito a pena ler :

      http://www.unz.com/ldinh/the-trump-ploy/

      Eliminar
    2. "Um artigo que vale muito a pena ler :

      http://www.unz.com/ldinh/the-trump-ploy/"

      Artigo rasca e digno de um jornalismo de criança. Se porventura a Hillary ganhasse, ele diria que era mais que óbvio, pois todos os médias a ajudaram. Mas como foi Trump, veja-se o mistério, o gajo diz que o facto dos médias serem contra ele, solidificou o seu eleitorado! Que dedução mais rasca! Acho que uma criança seria mais inteligente. Vale a pena ler isso ? Perda de tempo. Nada de concreto, nada de palpável.

      No entanto em toda a artilharia de artigos, dos quais 99,99% são rascas, existe um que me chama a atenção. Este sim vale a pena ler, mas com muita atenção, ele parece ser preciso, e vai de acordo com estes "nacionalismos modernos" que surgem um pouco por todo o lado:

      http://philosophyofmetrics.com/trumps-new-world-order-freepom/

      Essa análise, não está longe da verdade. E olhando um pouco mais largamente, só prova, como sempre disse, que esses nacionalistas do ranho que desejam as independências da Galiza, da Catalunha e sei lá que mais, são apenas ranços e labregos idiotas do sistema.

      Há um realinhamento, que certamente terá como consequência, a queda do dollar, ou pelo menos, o seu enfraquecimento. Os USA são um país capitalista de raiz, sugador de riquezas, onde todos deitam-se a pensar no dollar, e sonham durante o sono com dollars. Já o facto de Trump ter impedido o TPP, e ainda nem sequer é Presidente, demonstra que se caminha para uma espécie de desvalorização do dollar.

      Se tiver em conta as previsões de analistas da NOM, a queda do dollar deve ser um facto consumado nos tempos a vir. Como se alguém recuasse para ganhar embalo e melhor saltar.

      Mas artigos

      Eliminar
    3. Se hilllary fosse eleita os brancos sentiriam-se ainda mais marginalizados ,e quem ganharia com isso seria o mov

      Eliminar
    4. sem a falsa retorica de trump os brancos marginalizados ficariam sem uma alternativa .Consequentemente uma revolta anti estabelecimento levaria a implosao do partido republicano e o fortalecimento de uma real oposicao pro branca/anti sionista. Sem apoio os republicanos perderiam e hillary chegaria ao poder dando um impulso ainda maior ao movimento WN.
      Trump com sua falsa retorica evitou todo esses acontecimentos .

      Eliminar
    5. http://www.unz.com/ldinh/the-trump-ploy/

      Um monte de lixo alá alex jones . nao nomeia judeu , usa de termos vagos como "globalismo"(como "globalismo" se so afeta paises brancos?) e nao conclui que o objetivo final do tal "globalismo" nao é financeiro ,mas ideologico : A extincao das naçoes brancas.

      Eliminar
    6. "sem a falsa retorica de trump os brancos marginalizados ficariam sem uma alternativa .Consequentemente uma revolta anti estabelecimento levaria a implosao do partido republicano e o fortalecimento de uma real oposicao pro branca/anti sionista. Sem apoio os republicanos perderiam e hillary chegaria ao poder dando um impulso ainda maior ao movimento WN.
      Trump com sua falsa retorica evitou todo esses acontecimentos ."

      Mas é difícil meter isto na cabeça de gente imbibida de ideias anglo-saxonas. Rapaz, a estrutura da sociedade americana, do seu modo de vida, da sua moral, é completamente aos antípodas de uma possível, ou imaginária, revolução anti-sionista. BAsta-te estudar a história desse país, e quando te aperceberes que essa escumalha americana se declara ela mesma, desde as primeiras colónias, ser a 13ª tribo de Israel, logo entenderás que a estrutura mental dos americanos é naturalmente pró-sionista, pró-Israhell, pró-judaica. Compreendes caramba ? Jamais um movimento anti-talmudista poderá vir desse país. É contrário mesmo à natureza dos americanos. Faz parte das fundações mesmo desse país. Se vocês julgam que os judeus apenas começaram a parasitar esse país desde o momento que criaram a FED, não podem estar mais enganados! Sempre e sempre foi, e sempre será, um terreno sem entraves para a oligarquia judaica. São como peixe na água! Mesmo que a judiaria apátrida resolva assassinar 100 milhões de americanos, por incrível que pareça, eles não verão nada de nada. Já há mais de 70 anos, mais até, que eles fazem as guerras todas por esse mundo fora, ao serviço e sob as ordens da oligarquia judaica e nunca se questionaram! Morrem por eles, levam na peida deles, e não pescam nada de nada!

      Jamais uma Nação europeia poderia fazer tanta guerra em nome deles, sem levantar grandes problemas, sem reagir. É esta a diferença entre qualquer Nação europeia e os americanos. Aqui é o berço, é daqui que partirá, e é daqui que terá de partir, o movimento que destruirá a oligarquia apátrida e gangrenista. Mas esta porra é difícil estar a explicar a crianças como tu ou a gente completamente encerebrada de ideologia americana.

      E nem vou ligar a esse trocadilho sem pés nem cabeça, mais parece dialéctica marxista.

      Eliminar
    7. Estava eu a dizer "jamais uma Nação Europeia", abro uma excepção à Rússia neste aspecto. Mas porra, os russos eles mesmos foram completamente decepados. E mesmo assim, para levarem avante a ideologia comunista, os judeus tiveram obrigatoriamente de assumir o poder, sem intermediários, pois de outra maneira nunca teriam conseguido tomar as rédeas da Rússia. Já com os USA, basta usarem intermediários, nem é necessário assumirem o comando à descarada como fizeram na Rússia. O americano curva-se logo ao Mestre, e obedece-lhe sem pestanejar. Caso pestaneje um pouco, caso levante a crista feito galo, acontece-lhe o que aconteceu a Kennedy, a Nixon, etc. É um poder enorme que os judeus detêm nos USA. E conseguiram, e ainda conseguem ter a Europa debaixo de pé, graças aos americanos. Foi de lá que se financiou a revolução bolchevique, foi de lá que pela porta do cavalo ajudaram os comunistas a travar o Reich, idem idem. Bem, e fico por aqui, já chega.

      Eliminar
    8. Só gostaria de acrescentar essa informação que costuma ser esquecida.

      Além do já exposto acima, eles creem numa versão goy e mais fashion do Talmud que é a doutrina do Destino Manifesto (em inglês, Manifest Destiny) que expressa a crença que o povo dos Estados Unidos é eleito por Deus para civilizar a América e o mundo, e por isso o expansionismo americano é apenas o cumprimento da (pseudo) vontade divina. Daqui vem as ações como "xerifes do mundo", "big stick", as mil bases militares pelo planeta ...

      Eles tem arraigado essa doutrina belicista e arrogante no inconsciente e por conta disso, considerarão qualquer país ou governo que queira justa soberania, autodeterminação e independência deles, como diabólico, que deve ser combatido e eliminado, pois isso "é a vontade de Deus."

      Podemos ponderar também por conta dessa doutrina, os EUA não são amigos de nenhum país.

      Trump?! Boi de piranha.

      Cobalto

      Eliminar
    9. Mas as pessoas como o "Direita" e ademais, desconhecem essas coisas. Acabei recentemente de ler um livro, sobre a hegemonia judaica na Inglaterra, desde que se conhece que os judeus desembarcaram ali, só para tentar desbravar um pouco mais a mentalidade americana, aprofundar o sujeito. E constato, que no geral, quase todos os Reis ingleses, utilizavam os judeus como "aspiradores de dinheiro". Épocas houve, em que eram os judeus que cobravam os impostos aos ingleses para o Rei. Foi sobretudo a partir de Cromwell, a quem os judeus chamavam de "Messias" - para engraxá-lo - que os judeus vão ganhar um poderio que nunca mais vai parar.

      Eliminar
    10. E tão simples de resolver. É só imprimir o próprio dinheiro só sendo válido aquele com a autorização real/governamental nativo, sem atravessadores nem malandros semânticos (trolls em economia), nada de padrão-ouro. Em caso de desobediência: pena máxima.

      E seguissem ainda dois conselhos de Jesus: viver com o que se tem e fazer caridade. Se não desse pra viver com o que se tem, os que tem fizessem caridade pra suprir os primeiros, assim fechava o ciclo impedindo infiltração ideológica nociva e necessidade de empréstimos. Mas não, deram ouvidos a doutrinas de demônios (1ª Timóteo 4:1 e 2).

      Cobalto

      Eliminar
    11. Eu acho que viver na simplicidade, com o necessário, sem grandes tecnologias, é extremamente benéfico para as relações sociais. Basta vermos de quem entre um citadino e um camponês, é mais sociável. Eu escutava uma conferência, de vários especialistas da antiguidade grega (se encontrar esse vídeo eu ponho aqui o trecho), em que os gregos, eles mesmos, tinham o conhecimento necessário e a capacidade, para serem grandes criativos, e inventarem mil e uma invenções. No entanto, jamais utilizaram esse conhecimento para irem além do simplesmente razoável, porque eles mesmos tinham a consciência de que tal traria mais mal do que bem. É dizer da capacidade de raciocínio dos gregos daquele tempo! Que viram séculos atrás, o que mais tarde nós não vimos. Portanto o exemplo estava lá, mas ninguém quis olhar... e é nesse aspecto que o Cristo acerta em cheio: viver simples e unicamente com o essencial.

      Espanta-me que com o materialismo de hoje, não se consiga ter o descanso que por exemplo um homem da época medieval tinha. Hoje toda a gente corre, de casa para o trabalho e vice-versa e mesmo assim o tempo não chega. Do salário, deixa-se uma boa fatia para o Estado, que por sua vez, vai pagar os juros das dividas aos parasitas financeiros. Mas eu alguma vez pedi um empréstimo aos parasitas ? Nunca! Mas porque razão devo deixar parte do meu salário para pagar dividas das quais não sou responsável ? Isto tem de acabar. Há que sair deste sistema, criar uma economia socialmente cristã paralela a esta parasitagem.

      Eliminar
    12. Ainda mais, o que Jesus disse é extremamente ecológico (requer menos recursos naturais e energéticos), saudável (vida simples é menos estresse e químicas em plantações e na conserva de alimentos), barato (menos necessidade de energia = menos necessidade de investimentos = menos impostos), desalienante (pró-família, convício mais próximo = menos hipocrisia/cinismo/crimes) e moral (evitaria essas moçoilas perdendo-se no meretrício dos desfiles de grife, por exemplo).

      Não tem ensino, valores e crença mais moderna, atual, necessária, urgente, de indubitável perenidade e anti-matrix que o Cristianismo autêntico, de raiz.

      Comenta-se que um dos pilares do (verdadeiro) Nacional-socialismo é a não-usura (concordo), e assim procederam mesmo. Bacana. Porém, foi a Igreja que primeiro instituiu, e popularizou, quase como 11º mandamento que "não cobrarás juros". Esse trabalho de combate à usura foi muito forte durante uns 5 séculos, período também conhecido como Idade das Trevas. Trevas?!?! ... rs

      E está aí uma excelente ideia de lei e/ou cláusula pétrea de Carta Magna (Constituição Federal/Nacional/da República) dum país. E a coragem? E discernimento pra entender essa charada da anti-usura?

      Camponês indiscutivelmente. Dá-se só um 'olá' na rua e já te convidam pro café, almoço e janta ... rs Sensacional.

      Cobalto

      Eliminar
  6. Aqui está um dos vídeos da campanha de Trump, o qual denuncia e coloca as claras vários atos dos apátridas... Realmente levanta-se muitos questionamentos, pois eles nunca ficaram tão expostos assim para a grande massa...

    Segue o link:
    https://www.youtube.com/watch?v=3Fee2BEPvdI

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O TPP já foi abaixo. Visto que Trump detém plenos poderes, convenceu o Obama da inutilidade de promulgar o TPP, pois mandá-lo-ia abaixo assim que tomasse o poder.

      Eliminar
    2. o mais completo dossie sobre as mentiras e as ligaçoes de trump com os judeus/iarael

      http://pastebin.com/cRZDHRc6

      Eliminar
    3. "o mais completo dossie sobre as mentiras e as ligaçoes de trump com os judeus/iarael

      http://pastebin.com/cRZDHRc6"

      É uma condição sine qua non para qualquer que seja o presidente ou político que ocupe funções sensíveis nos USA. Após tudo, eles consideram-se a 13 tribo, e os USA é a "terra prometida"... que mais se poderia esperar desse país ?

      Mas é extremamente difícil meter-vos isto nesse cérebro de grão. Os USA são o país mais judaizado do mundo! É portanto impossível que seja de outra maneira. É esse o país que espalha e impõe a sua cultura judaizada por esse mundo fora. Não fora esse maldito país, hoje cada Nação europeia seria soberana e não estaria escravizada.

      Eliminar
  7. A mascara continua a cair: Agora Trump diz que nao ira deportar todos os ilegais ,mas apenas os criminosos (Engraçado , pois estar ilegal nos USA JA é um CRIME) .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que já é alguma coisa. Se a Hillary ganhasse, onde é que verias criminosos a serem deportados ? Nunca! Ao contrário, verias é cada vez mais criminosos a entrarem no país.

      Eliminar
    2. Trump mentiu para acalmar os brancos americanos e evitar o surgimento de uma real oposiçao.cada vez isso torna-se mais e mais claro .

      Eliminar
    3. "Trump mentiu para acalmar os brancos americanos e evitar o surgimento de uma real oposiçao.cada vez isso torna-se mais e mais claro ."

      Damos graças a ti por esses esclarecimentos! Um homem como o David Duke, que habita lá e conhece bem os meandros da política americana, nunca enxergou tal coisa. Mas tu, que nem sequer habitas lá, ainda consegues ser mais perspicaz! Hé valente!

      Eliminar
    4. "Trump mentiu para acalmar os brancos americanos e evitar o surgimento de uma real oposiçao.cada vez isso torna-se mais e mais claro ."

      Mas já agora rapaz, explica-nos lá uma coisa, essa dita "oposição" surgiu ou estava para surgir ? Pelos vistos estava para surgir, não era ? Explica-me lá agora como é que sabes que essa "oposição" estava para surgir ? Certamente deves ter alguma bola de cristal. E quem deveria estar à frente dessa "oposição" que estava para surgir ?

      Eliminar
  8. "Cristãos" querem a vinda do anti-cristo?!

    https://noticias.gospelprime.com.br/rabinos-trump-putin-terceiro-templo/

    Veja que alguns comentários, muitos parecem aceitar a vinda do anti-cristo como uma coisa boa!

    Bem, está profetizado desde o início da Igreja, nas cartas de Paulo e em Apocalipse ou Revelações, tanto da construção do 3º templo (templo da abominação, nas próprias palavras de Deus), de que muitos apostatariam da fé (falando dos cristãos que se desviarão da verdadeira fé, o cristianismo judaizado e os vemos nos comentários do link acima), da vinda do Anticristo (será um judeu, pois como poderia ser considerado messias se não fosse da "casa de Davi"?), das alianças de "reinos poderosos" pela paz e união dos povos, dos falsos judeus (judeu verdadeiro está explicado em Romanos 2:29), e teremos ainda uma guerra mundial sem precedentes que exterminará 1/3 da vida na Terra. Depois dizem que a Bíblia é folclore, livrinho de bobos, mitologia pra alienar o povo.

    Vejamos APENAS esse relato de Isaías 2:19, que viveu 700 anos ANTES de Cristo:

    "Então os homens entrarão nas cavernas das rochas, e nas covas da terra, do terror do Senhor, e da glória da sua majestade, quando ele se levantar para assombrar a terra."

    "Cavernas nas rochas" e "covas na terra" ou bunkers e abrigos anti-nucleares?

    Deus avisou, os verdadeiros cristãos tem avisado, mas se não querem ouvir ... não culpem Deus depois. Até porque será tarde como mostram as profecias que vemos se realizando.

    "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar."
    Isaías 55: 6 e 7.

    Cobalto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. « Virá um dia em que Jesus será aclamado em diferentes terras, e mesmo à frente de vários Reinos ao mesmo tempo. Desconfia desse dia! »

      https://gangdaervilha.blogspot.pt/2016/07/as-profecias-da-semana-santa.html

      Eliminar
  9. Parece que muitos já estão vendo o Trump com suspeita:

    http://www.jewworldorder.org/trump-is-weak-and-indecisive-when-it-comes-to-keeping-promises-to-his-white-base-but-firm-forthright-and-resolute-when-supporting-jews-and-russians/

    ResponderEliminar
  10. Tu anónimo, aqui fala-se português e escreve-se em português. qualquer artigo, seja ele qual for, posto aqui noutra língua que o português, é eliminado. Na minha terra não há inglesismos, nem fransicismos, nem chinesismos. Eu traduzo os meus artigos para a minha língua. Estou farto de ver essa preguiça mental, própria de uma personalidade apátrida, dada ao mundialismo, que deseja apagar nações, línguas e tradições com vista a substituir por outra coisa. Artigo para o lixo.

    Quem quiser por aqui algo noutra língua que não seja a língua nacional, favor de a traduzir, ou então apenas deixar um link, caso contrário lixo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O artigo em questão:

      https://medium.com/@jgreenblatt/joint-statement-from-jason-dov-greenblatt-and-david-friedman-co-chairmen-of-the-israel-advisory-edc1ec50b7a8#.ebd1yo9w4

      Sobre o Irão, duvido muito que Trumo faça o que diz. Israhell arrisca-se a levar no focinho. E não me parece que a Rússia esteja disposta a deixar Trump esticar-se na corda em relação a isso.

      Eliminar
    2. A Russia nada fez quando, dias atrs, Caças israelenses bombardeou a siria .

      Eliminar
    3. A Rússia nada fez ? A Rússia já muito fez! Não somente mandou pelo esgoto abaixo o "Sunistão" previsto nos planos do "Grande Israhell", como mandou abaixo as "profecias" talmúdicas de que Israhell apoderar-se-ia da cidade de Palmira, protege Assad, que segundo as profecias do Talmude e Kabala é visto como o "ditador de Damasco" que deveria ser morto, etc, etc.

      Eliminar
    4. A Rússia já salvou ali milhões de vidas humanas! Não fora eles, Assad já estava debaixo da terra...

      Eliminar
    5. Gang,você já ouviu falar da "ajuda" que Israel deu ao Azerbaijão no recente conflito com a Armênia?e ainda no descaramento do ex ministro da defesa de Israel que exortou a Armênia cristã a ceder o território de nagorno kharabaki troca de dinheiro?

      Eliminar
    6. «Gang,você já ouviu falar da "ajuda" que Israel deu ao Azerbaijão no recente conflito com a Armênia?e ainda no descaramento do ex ministro da defesa de Israel que exortou a Armênia cristã a ceder o território de nagorno kharabaki troca de dinheiro?»

      Tinha ouvido que era a Turquia que financiava. Essa da exigência de um território à Arménia, nunca ouvi falar.

      Eliminar
    7. É gang é isso mesmo,inclusive o Azerbaijão é o único aliado de Israel no mundo árabe,inclusive o presidente do Azerbaijão mandou construir uma sinagoga e escola judaica em Baku,outra curiosidade e que no recente conflito com a Armênia,aviões cargueiros do Azerbaijão voaram até tel aviv para carregar armas,Azerbaijão troca petróleo por armas judias,no passado,presente e no futuro,em um confronto entre cristãos e muçulmanos o judeu sempre será leal ao seu primo muçulmano.

      Eliminar
    8. "o Azerbaijão é o único aliado de Israel no mundo árabe"

      Creio que no mundo muçulmano, praticamente todos os países estão curvados perante Israhell. Salvo o Irão, a Argélia, Síria, e poucos mais se escapam.

      "no passado,presente e no futuro,em um confronto entre cristãos e muçulmanos o judeu sempre será leal ao seu primo muçulmano."

      A lealdade do judeu é unicamente para com ele mesmo, e os seus. Ele tanto se alia ao cristão ou ao muçulmano, tudo depende da direcção do vento. Mas a verdade, é que culturalmente, eles são bem mais próximos dos muçulmanos. Têm muito em comum. Sabias que um judeu pode fazer as suas rezas numa Mesquita e jamais numa Igreja ? Tanto um como outro chamam os cristãos de "politeístas", eles consideram-se os únicos monoteístas do mundo.

      Eliminar
  11. Os suecos estão completamente apanhados da cabeça:

    https://www.lifesitenews.com/news/gender-equal-snow-removal-procedures-left-stockholm-paralyzed

    São estes os descendentes dos Vikings ? Mais parecem descendentes de uma cambada de paneleiros. Custa-me acreditar nessas notícias.

    ResponderEliminar
  12. Mandei pro blog do Toedter, não publicou ... hehe

    "Division Charlemagne." Quem foi Carlos Magno? Filho de Pepino, fervoroso cristão, socorreu o Papa em batalha, mandou construir mosteiros para facilitar o trabalho dos missionários, mandou decapitar 4.500 pagãos num único dia, lutou contra o povo pagão dos ávaros contra quem lançou uma guerra de extermínio, etc etc.
    http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2015/09/carlos-magno-as-conquistas-e-os-crimes.html

    "Pela primeira vez na história, um papa deixava Roma e cruzava os Alpes. E a Carlos, filho de Pepino, o Breve, rei dos francos, fora confiada a missão de dar as boas-vindas ao pontífice e de ser seu guia na última etapa da viagem". (BANFIELD, 1988, p. 7).

    ~ Primeira conclusão: Charlemagne foi um exterminador de pagãos em favor do Cristianismo.

    "Carlos Magno cresceu com saúde e vigor, era um homem alto tinha entre 1,90 e 1,95 de altura. Era robusto, forte e cheio de energia, o mesmo gostava de se exercitar diariamente, e tinha grande apresso para cavalgar, caçar e nadar. De fato, depois que se tornou soberano, Carlos quase todas as manhãs quando era possível, reunia a família, amigos e outros membros da Corte e saía para caçar, a fim de pegar a comida para o almoço. Sua esposa e filhas lhe acompanhavam na caçada, algo curioso, pois em grande parte da História, a caça real, era tarefa apenas dos homens, até mesmo as mulheres em alguns casos eram proibidas de assistir."
    http://seguindopassoshistoria.blogspot.com.br/2013/05/carlos-magno.html

    ~ Segunda conclusão: alie-se a crença espiritual e valores sócio-econômicos corretos (cristãos sem dúvida) com o valor ímpar de uma particular raça, e ter-se-a o domínio in natura praticamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Charlemagne ? Esse foi um daqueles "mansos de espírito", um dos tais que "oferecia a outra face" e adorava o "pendurado na cruz"...foi um fraco, um cordeiro manso ;)

      Que imbecilidade quando vejo esses pagõezinhos e demais, dizerem isso do Cristianismo! São apenas idiotas úteis da Sinagoga. E quando o dizem, recusam-se sistematicamente olhar para a história, pois esta desmente-os. Charlemagnes, o Cristianismo, a religião dos escravos, teve muitos ao longo da sua história.

      É caso para dizer: Charlemagne, o Exterminador da Paganaria!

      Óh, mas qual "exterminador" ? Era um "manso de espírito", fazia parte da "religião dos escravos"...

      Eliminar
    2. Qualquer das formas, diga-se o que disser, jamais um pagão, que se julga ser "viril" e "macho", jamais admitirá ter sido espezinhado e subjugado à maneira dos fortes pelos seguidores da "religião dos escravos". Custa-lhes muito. Sofrem do complexo de inferioridade.

      Eliminar
    3. "Division Charlemagne" lutou junto com Hitler:

      https://www.google.com.br/search?q=%22Division+Charlemagne.%22&oq=%22Division+Charlemagne.%22&aqs=chrome..69i57&sourceid=chrome&ie=UTF-8

      Duas coisas pra dizer sobre os "mansos que dão a outra face":

      - muitos cristãos não reagem mesmo, e são martirizados sem conseguirem faze-los negar sua fé em Cristo Jesus, e

      - muitos podem se portar realmente de passiva, porém esquecem que servem a um Deus Todo-Poderoso de quem ninguém zomba, fica impune ou não derrame sua ira sobre aqueles que matam a Sua "menina dos olhos" (Zacarias 2:8).

      Cobalto

      Eliminar
  13. o mais completo dossie sobre as mentiras e as ligaçoes de trump com os judeus/iarael

    http://pastebin.com/cRZDHRc6

    ResponderEliminar
  14. trump diz NÃO ao alt right:
    http://www.breitbart.com/2016-presidential-race/2016/11/22/donald-trump-disavow-alt-right-groups/

    .......... ..........

    Mas como Crianças sao muito teimosas e ingenuas , eu já ouço desculpas do tipo "ah,ele fez isso por estratégia" ou " Com hillary seria pior".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é essa merda de "alt-right" ? Mais uma etiqueta judaica!

      Já agora porque não "baixo-right" ? Não ficava melhor ?

      Vejo essa coisa de "alt-right" espalhada por tudo quanto é lado, não busco saber nem desejo saber que lixo é esse, mas noto sobretudo isso nos "nacionalismos" que têm o garrote judaico ao pescoço. Os judeus são mestres em inventar "modas". Agora é a "alt-right"! Digo-te uma coisa, que ele tenha renunciado ou não a essa besteira, tanto se lhe deu como se lhe dá. Não é ele que comanda o país.

      Eliminar

É aconselhável o comentário tratar do assunto exposto no artigo, caso contrário, arrisca-se a não ser aprovado pelo Tribunal da Inquisição.